Conheça algumas opções de franquias para empreender usando o FGTS

Publicado em 19/01/2017 por Imprensa | Ultima Atualização em 23/01/2017

Como investimento total ou complementar, valor sacado pode ser a porta de entrada para investir em franchising

Com um saldo total de R$ 41 bilhões em 18,6 milhões de contas inativas, segundo dados da Caixa Econômica Federal, o uso dos recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), anunciado pelo presidente Michel Temer em dezembro do ano passado, pode ser uma boa alternativa para quem deseja abrir o próprio negócio. A Medida Provisória 763, publicada no Diário Oficial da União, deve impulsionar a economia e beneficiar os 10,1 milhões de trabalhadores, usuários destas contas e que poderão sacar o dinheiro retido. É um empurrãozinho a mais para quem sempre sonhou em empreender ou não consegue uma recolocação no mercado de trabalho.


Mas é preciso ter cuidado e o uso dos recursos, seja para investir de maneira integral ou como parte do investimento inicial em um negócio, deve ser feito com bastante cautela, afinal foram anos e anos de recolhimento.


Bastante vantajoso, o segmento de franquias é uma opção segura para quem quer começar um negócio. De acordo com pesquisa da ABF (Associação Brasileira de Franchising), com um crescimento de 8%, o setor alcançou um faturamento em torno de R$ 150 bilhões, chegando a 142 mil franquias comercializadas, atingindo um número de 1.220 milhões de empregos diretos em 2016. Para 2017, a expectativa é alcançar entre 7% e 9% e registrar aumento de 2% a 3% no número de empregos.


Além do crescimento, o franchising apresenta como diferencial o fato do empreendedor investir em uma marca já conhecida e testada, o que economiza tempo e dinheiro, além de contar com apoio operacional, estratégico, todo know-how da franqueadora e menor tempo de retorno de investimento. Enquanto 60% das empresas brasileiras não sobrevivem até o quinto ano, no Franchising esse índice cai para 15%, segundo dados do SEBRAE.


É possível encontrar no mercado franquias que demandam investimentos a partir de R$ 9 mil 900. Existem opções para todos os gostos e bolsos, confira algumas oportunidades:


Light Food Way: lucratividade R$ 15 mil
Rede de franquias de alimentação saudável, oferece delivery de refeições leves, com um cardápio variado de mais de 50 pratos de comida balanceada, hipocalóricas ou hipossódicas.
A sede fica em São José do Rio Preto, porém, a rede conta com mais quatro unidades. Esse ano, vai expandir para São Vicente (SP) e em Franca (SP). Juntas, faturaram no ano passado mais de R$ 800 mil. A expectativa para esse ano é dobrar o faturamento e abrir 30 novas unidades.


Investimento inicial: a partir de R$ 9.900,00
Prazo de retorno: 10 meses
Lucro médio mensal: R$15 mil


MTCred: investimento a partir de R$ 14.990
A MTCred é uma empresa de crédito consignado que cresceu 300% em 2016 e atualmente fatura R$ 156 milhões. A rede conta com 30 franquias e espera fechar 2017 com 100 unidades.


Investimento inicial: R$14.990,00 (home based) R$ 60 mil a R$ 100 mil (franquia loja) e R$250.000,00 (franquia máster – regional)
Prazo de retorno: 4 a 8 meses (home based) e de 12 a 18 demais modalidades
Lucro médio mensal: R$ 8 mil (home based), R$ 30 mil (loja) e R$ 400 mil (máster)


KMC: Investimento a partir de R$ 19.900,00
No mercado há 20 anos, a KMC é uma rede de marketing que oferece consultoria também em vendas, desenvolve campanhas, sites, lojas virtuais, logomarca, sistemas e cria a identidade visual de uma empresa. Ao apostar na KMC, o franqueado tem somente a preocupação de atender os clientes e acompanhar o desenvolvimento de seus projetos e campanhas. Com 08 unidades no Brasil e uma nos Estados Unidos, a KMC espera alcançar 30 franquias este ano.


Investimento inicial: R$ 19.900,00 (Home Based), R$ 59.900,00 (Office) e R$ 99.900,00 (Master)
Prazo de retorno: cerca de 14 meses
Lucro médio mensal: R$ 8 mil (Home Based), R$ 20 mil (Office) e R$ 40 mil (Master)


Mary Help: lucratividade de R$ 5 mil a R$ 35 mil
Primeira rede de franquias do Brasil com unidades que administram equipes próprias de diaristas para serviços em residências e empresas e que oferece também o serviço de seleção de profissionais e a terceirização de mão de obra. A Mary Help possui atualmente 62 unidades franqueadas espalhadas por todas as regiões do país.


Investimento inicial: R$ 40 a R$ 60 mil
Prazo de retorno: 12 a 14 meses
Lucro médio mensal: R$ 5 mil a R$ 35 mil


Só Varais: Pioneira e com lucratividade de até R$ 18 mil
Pioneira no segmento de varais internos e externos no Brasil, a Só Varais está no mercado há mais de 20 anos, prestando serviço de vendas, manutenção, instalação e consultoria de varais. A rede oferece produtos exclusivos, como varal eletrônico, e mais de 30 outros modelos. Com uma unidade piloto e outra franqueada em São Paulo, a Só Varais pretende em 2017 conquistar mais 13 novos franqueados.


Investimento inicial: R$ 128.911,00
Prazo de retorno: de 24 a 30 meses
Lucro médio mensal: de R$ 12.000,00 a R$ 18.000,00


Spaziale Italiana: lucratividade de 63 mil
A unidade piloto da rede de fast food italiana que promete os pratos prontos em até 3 minutos, localizada em São José do Rio Preto, comemora seu primeiro ano de funcionamento, onde vendem em média de 60 a 80 pratos de massas por dia durante a semana e 100 pratos nos finais de semana, tendo um faturamento de cerca de R$ 80 mil por mês. A rede pretende ter 10 unidades em funcionamento em 2017.


Investimento inicial: R$ 164.498,00
Prazo de retorno: 22 meses
Lucro médio mensal: R$ 63.382,00


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Empreender, Franquias, Dicas para investir em franquias, Light Food Way, Só Varais, Spaziale Italiana, Agência KMC, MTCred