Calçados Bibi investe em e-commerce na China

Publicado em 10/10/2018 por Imprensa

Produto sairá do Brasil e será enviado diretamente ao consumidor chinês

Com o objetivo de se tornar uma marca global de desejo, a Calçados Bibi continua inovando. Em outubro, a rede de calçados infantis dará início à venda de produtos pelo canal de e-commerce na China. O grande diferencial será que o pedido chega à sede da Bibi no Brasil em 24 horas para, dentro de sete dias, ser entregue diretamente ao consumidor chinês. A primeira iniciativa do tipo já registrada no mercado calçadista será realizada em parceria com a Abicalçados (Associação Brasileira das Indústrias de Calçados) e a Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

A Bibi iniciou os investimentos no mercado chinês em 2013, durante uma missão comercial organizada pela Abicalçados, com apoio da Apex. O objetivo era ampliar o conhecimento do mercado e identificar potenciais parceiros por meio de feiras e eventos locais. A partir daí, a marca iniciou a exportação de produtos para o País que hoje conta com três distribuidores em regiões estratégicas e que trabalham exclusivamente com marca Bibi. “Estamos presentes em cidades chave, como Xangai, na loja de departamentos Isetan, na Nanjing Road, hoje um dos destinos comerciais mais disputados da China. Também não poderíamos deixar de marcar presença na capital, na prestigiosa loja de departamentos SKP Beijing”, revela o gerente de exportações da rede, Magnus Oliveira.

A Calçados Bibi vende seus produtos em canais multimarcas e outras plataformas on-line na China, como Tmall, Taobao e Mei.com. Como o crescimento das vendas neste mercado tem sido constante, a marca busca expandir a atuação por meio da venda direta pelo e-commerce, com uma coleção desenvolvida exclusivamente para este canal, com cerca de 20 produtos. A partir de outubro, as vendas serão feitas pelo aplicativo Little Red Book (Xiaohongshu), uma plataforma focada na venda de produtos importados de moda e beleza, que são enviados individualmente do vendedor ao comprador. “O canal tem o público-alvo que nos interessa bastante. Estamos falando de mais de 60 milhões de usuários na China, em que a grande maioria é formada por mulheres da classe média, entre 25 e 35 anos”, explica Oliveira.

O principal diferencial da Bibi e fator de sucesso na China está na própria essência da marca, que desde 1949 desenvolve produtos com marca e design próprio para a criança ser criança, além de investir em produtos não tóxicos, na exclusiva palmilha Fisioflex Bibi, que proporciona a sensação de andar descalço, e no inovador conceito de produtos fisiológicos. “Para se ter ideia da importância deste mercado para a empresa, em 2017 crescemos 73% na exportação de calçados para China. Para 2018, com a nova estratégia de vendas diretas ao consumidor chinês somada a expansão da distribuição no varejo físico para novas regiões, prevemos crescer novamente acima dos 70%”, finaliza o gerente de exportações da rede.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de calçados , Franquias para público infantil , Bibi calçados