Bom pra cachorro! E pra franqueado?

Publicado em 19/05/2017 por Luiz Marcondes

Conheça a Clinicão, franquia do setor pet não se importa em ser pequena, desde que seja sustentável

Atualmente existe muita expectativa em torno de uma retomada na economia como um todo, especialmente do mercado de pets. Se por um lado o IBGE aponta números surpreendentemente favoráveis, como você verá a seguir, por outro, a realidade talvez não seja tão cor-de-rosa, de acordo com que atua nesse mercado.

Afinal, qual o verdadeiro retrato do setor? Conversamos com a Dra. Monique Rodrigues, fundadora da franquia veterinária Clinicão, clínica com atendimento diferenciado voltado para um público disposto a investir na saúde de seus cães e gatos. Ela nos contou como tem enfrentado esse momento econômico delicado, falou de seus diferentes modelos de franquia para melhor atender a disponibilidade financeira dos franqueados e muito mais. Confira a seguir nossa conversa.

Mapa das Franquias: Como surgiu a Clinicão? O que ela oferece ao mercado e por que pode ser atraente para quem deseja ingressar numa rede de franquias?

Dra. Monique Rodrigues: A clínica foi fundada em 1993. A franquia foi fundada em 2016, a partir da observação dos administradores da necessidade de implantação de ferramentas de gestão no negócio.

Mapa das Franquias: Por que a Clinicão optou por disponibilizar três modelos diferentes de franquia? Quais as vantagens para o franqueado?

Dra. Monique Rodrigues: Existem diferenças no negócio. Alguns veterinários não fazem cirurgia, por isso não precisam de uma clínica. Os dois modelos de consultório atendem diferentes faixas de investidores. O ideal é começar com a menor e ir crescendo com a demanda.

Mapa das Franquias: É obrigatório ser veterinário para ingressar na rede Clinicão? Se o franqueado não for veterinário e tiver de contratar um profissional da área, o quanto oscila sua rentabilidade?

Dra. Monique Rodrigues: Não é obrigatório, mas tem que ter um veterinário para atender os animais. O impacto já está previsto no plano de negócios.

Mapa das Franquias: Como funciona o suporte de gestão do negócio oferecido aos franqueados?

Dra. Monique Rodrigues: Suporte na implantação, treinamento da equipe, contratação e treinamento do veterinário, sistema SAP, elaboração das campanhas publicitárias, auxílio de consultoria de campo e controle de metas e resultados.

Mapa das Franquias: De acordo com o IBGE, o faturamento nominal do setor Pet cresceu 7,8%em 2015, chegando a R$ 18 bilhões. Esse desempenho foi acima do PIB, que teve encolhimento de 3,8% quando comparado a 2014. Como é possível atravessar um dos piores períodos econômicos da História com esses números? Foi assim também para a Clinicão ou os franqueados foram afetados pela crise de alguma forma?

Dra. Monique Rodrigues: Apesar do crescimento do setor, provocado pela humanização dos animais de companhia, seria insensato dizer que não houve queda. Apesar da crise a demanda se manteve, não houve retração. Os novos investidores estão temerosos, com medo da resposta e da insegurança do mercado, algo esperado nesse momento difícil em nosso país.

Mapa das Franquias: A Clinicão planeja crescer em 2017/2018? Qual a estratégia?

Dra. Monique Rodrigues: Sim. O crescimento deve ser sustentável para podermos fornecer a qualidade que esperamos. A ideia é chegar a seis franqueados, apenas, até o final de 2017. Uma rede pequena, lucrativa e sustentável é a intenção da rede.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias, Franquias de pets, Clinicão Clínica Veterinária