Beryllos investe para crescer em São Paulo e planeja chegar a 10 unidades no começo de 2017

Publicado em 07/11/2016 por Imprensa

Marca fundada em 2016 aposta em cidades paulistas com até 100 mil habitantes para expandir

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), São Paulo concentra cerca de 53% das redes franqueadoras de todo o país. Em função do seu potencial econômico, o estado é um dos mais importantes mercados para expansão das empresas do segmento, por isso muitas redes vem apostando em cidades paulistas para crescer. É o caso da nova franquia, Beryllos, rede de cuticularia, que pretende inaugurar até o final de 2016, 5 unidades na região, destacando cidades com no mínimo 100 mil habitantes.


Há alguns anos, as franquias começaram a migrar para cidades do interior para ampliar mercado, além dos grandes centros metropolitanos. De olho nestas praças, a Beryllos, a primeira e única cuticularia do país, oferece um serviço inovador e um método inédito de fazer unhas. Por ser um grande diferencial no mercado, planeja chegar nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais até final de 2018. “Temos pontos a explorar em São Paulo antes de ganhar o país todo. O estado tem grande potencial para consumo, visto que, o cenário econômico é um dos melhores do Brasil”, afirma Luzia Costa, fundadora da Beryllos e da consagrada Sóbrancelhas.


Para a empreendedora, o setor de beleza vem crescendo a cada ano no Brasil e os cuidados pessoais continuam em alta independente do momento econômico do país, o que garante o sucesso da marca. “Cada vez mais a pessoas procuram se cuidar e se preocupam com sua aparência, sem restrição de classe social.  Trazer uma novidade no mercado que preza a saúde, com certeza ganhará a preferência do público”, diz.


Luzia trouxe ao mercado a marca Beryllos, após muitos anos de estudo de mercado. O método usado pela rede dispensa o uso do alicate. A nova técnica utiliza o motorzinho odontológico adaptado com uma ponta diamantada para afinar e desbastar as cutículas, mantendo a real proteção das unhas, sem cortes. Mas as novidades não param por aí. Os clientes terão acesso a esmaltes individuais (de 4 ml), como uma forma de eliminar possíveis contaminações.  “O cliente usa o esmalte e pode levar o restante para retocar as unhas, se for preciso. É um conceito inédito no Brasil”, explica Luzia.


A marca oferece dois modelos de negócio: loja em shopping center ou quiosque. Um dos principais diferenciais é o formato dos pontos, cuja arquitetura representa um vidro de esmalte. Na operação quiosque, o investimento inicial é de R$ 142 mil. Já o aporte para abrir a unidade em um shopping center é de R$ 230 mil. Ambos os valores incluem capital de giro, taxa de franquia, estoque inicial de produtos, além de treinamentos, entre outros benefícios ao franqueado. A perspectiva de retorno do investimento é de 12 a 18 meses.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias, Franquias de beleza , Franquias em quiosques, Beryllos