Banneg - Banco de Negócios busca franqueados na região Norte do Brasil

Publicado em 14/09/2018 por Imprensa

Rede com foco em soluções financeiras projeta crescimento de 30% no número de unidades para 2019 na região Norte, em comparação com este ano

O franchising vem crescendo nos quatro cantos do Brasil e os números comprovam. Somente no segundo trimestre desde ano o setor de franquias registrou crescimento nominal de 8,4%, em comparação com o mesmo período de 2017. O faturamento passou de R$37,565 bilhões para R$40,734 bilhões, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF).

É pensando nesse crescimento que o Banneg - Banco de Negócios (rede com foco em soluções financeiras) está expandindo os negócios para a região Norte do país, devido à oportunidade de crescimento que essa região tem demonstrado no último ano para quem busca empreender e ter seu negócio próprio.

“Estamos com grandes expectativas para essa região. Desde que a marca entrou no franchising (outubro de 2017) até junho deste ano houve crescimento de 20% na região Norte, na qual muito investidores interessados no Banneg são empreendedores financeiros, que após os fechamentos de muitas agências bancárias ficaram desempregados e viram a oportunidade de ter seu próprio negócio”, avalia Carlos Alexandre Gomes, diretor executivo do Banneg.

O empresário está mais otimista ainda para o próximo ano. É que em 2019 a rede projeta expandir 30% a mais do que já ocorreu até o momento. Para isso, a franquia está em busca de empreendedores visionários que estão acompanhando esse crescimento do mercado para serem máster-franqueados, ou seja, um “braço” da franquia mais próximo aos franqueados. “Até porque a franqueadora está bem longe da região Norte (a matriz está localizada em São José do Rio Preto/SP), porém apesar da distância todo suporte é feito de forma online, e com o respaldo do máster-franqueado”, explica Gomes.

O máster-franqueado deve ter um bom relacionamento com sua rede, sempre disposto a solucionar conflitos. Mas todo esse esforço vale à pena. A remuneração é bastante interessante, já que ele terá uma participação sobre vendas das franquias e seus royalties.

O diretor executivo enfatiza que o máster poderá facilitar o dia a dia da franqueadora e dos franqueados. “Afinal ele é conhecedor daquela região, dos costumes e está mais próximo das necessidades dos franqueados. Pelo fato do Brasil ser um país de proporções continentais, a franqueadora precisa deste auxílio”, diz.  Para se tornar máster-franqueado Banneg, diferente do que necessita para se tornar apenas franqueado, o investidor terá seu perfil muito mais analisado, bem como receberá um estudo aprofundado dos potenciais da região pretendida.  Uma Máster-Franquia na região Norte poderá custar até R$300 mil.

Potencial para os negócios

De acordo com levantamento realizado pelo portal Governo do Brasil, a região Norte foi a que mais cresceu em 2017, na qual seu PIB (Produto Interno Bruto) cresceu oito vezes mais do que a média nacional. Os dados indicam que enquanto o Brasil cresceu apenas 1% no ano passado, a região avançou 8,23%.

No franchising, a região ocupa a última posição, porém o Norte vem ganhando espaço cada vez mais. Somente na participação por região no faturamento, o Norte alcançou 5,3% no segundo trimestre deste ano, enquanto que no mesmo período de 2017 a região representou 4,9%. Já quando o assunto é número de unidades, a participação da região representou 5,4% do total de franquias no país.

Com franqueados em operação pelos estados do Pará e Tocantins, o Banneg busca franqueados no Amazonas, Roraima, Amapá e Rondônia, não somente nas capitais, bem como também em cidades do interior desses estados.

“Acreditamos que nossos produtos possam ser a solução principalmente para as cidades menores que não possuem banco para atender a população local, que acabam não tendo muita opção para conseguirem um empréstimo, consignado, entre outras soluções financeiras. Já os grandes centros também acabam se tornando uma ótima oportunidade para quem busca abrir um negócio em cidades maiores pelo fato que as agências bancárias estão diminuindo, o que acaba dificultando ainda mais o acesso a esses produtos”, avalia o diretor executivo.

Produtos mais procurados

Carlos pontua que os produtos mais procurados pelos moradores da região Norte são o empréstimo consignado e pessoal, refinanciamento de veículos, e consórcios que acabam se tornando os campeões de venda pelos franqueados que atuam nesta região.

Entre os diferenciais propostos pelo Banneg está a parceria de mais de 20 bancos; as menores taxas do mercado; atendimento personalizado, na qual os franqueados se especializam através de treinamentos com a franqueadora para se tornarem consultores financeiros, e assim, orientar o cliente qual a solução ideal para o que está buscando.

Fácil operação

O Banneg possui um dos mais baixos valores de investimento do mercado. A rede oferece dois modelos de negócios: Home Office, ideal para aqueles que possuem pouco capital e não querem gastos com instalação de uma loja física. O aporte para investimento é de R$23.900,00 (incluso taxa de franquia + capital de giro), com faturamento bruto mensal acima de R$300 mil e lucro líquido acima de R$10 mil. O prazo de retorno está estimado entre 4 a 12 meses.

Já para quem busca investir em Loja Física, o Banneg oferece investimento inicial de R$53.900,00 (incluso taxa de franquia + taxa de instalação + capital de giro), na qual é possível abrir uma unidade através do modelo Standard. Outro atrativo da rede é o faturamento bruto médio mensal que varia entre R$ 300 mil a R$ 500 mil, com prazo de retorno rápido de investimento, de 8 a 12 meses.

“O mercado financeiro é algo que todo mundo precisa, trabalha e necessita de alguma forma, por isso acreditamos que esse segmento só tende a crescer ainda mais, o que acaba se tornando uma ótima oportunidade de negócio para investimento, até mesmo para aqueles que não possuem experiência na área, porém que tenham afinidade com os serviços financeiros, e a franqueadora ficará encarregada de dar todo suporte e treinamento necessário para abrir a franquia”, conclui Gomes.

O Banneg atualmente conta com 77 unidades ativas (entre próprias e franqueadas) e projeta encerrar o ano com 100 franquias.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de serviços , Banneg