Balanços e tendências: De onde viemos? Para onde vamos no universo das franquias?

Publicado em 23/01/2017 por Luiz Marcondes

O Mapa das Franquias conversou com Roberto Kanter, para entender e analisar o passado, presente e futuro do universo das franquias.

Começo de ano é sempre um bom momento para refletir sobre o que aconteceu no passado e planejar os próximos passos. É hora também e conferir se as tendências apontadas por especialistas há 365 dias se mostraram verdadeiras. E de planejar com cautela os próximos 12 meses.


É preciso bola de cristal para isso? Não. Apenas a expertise de quem é consultor da GC-5 Soluções Corporativas e Professor da FGV. Confira nossa conversa a seguir.


Mapa das Franquias: Quais as novidades surgidas no mercado de franquias em 2016?
Roberto Kanter: O ano de 2016 não trouxe novidades no setor, mas reforçou a tendência em franquias nas áreas de serviços, nas micro franquias e nas franquias via web, novidade em 2015. O ano de 2016 também viu diminuir absurdamente o número de franquias nos setores de varejo e bens de consumo.


Mapa das Franquias: Relendo as matérias de 2015 que traziam previsões e apostas para 2016, nota-se que uma das apostas fortes era a internacionalização, com a chegada maciça de marcas de fora ao país. Isso se concretizou?
Roberto Kanter: Infelizmente o ambiente econômico, influenciado pelo momento político, não concretizou a vinda de grandes grupos estrangeiros para o Brasil. Espero que essa tendência retorne a partir de 2018. O País permanece sendo um celeiro de oportunidades para empresas, principalmente no mercado de bens e serviços de consumo.


Mapa das Franquias: Os chamados “modelos enxutos”, adaptados à crise e ao bolso dos novos franqueados, foram comuns no ano que se encerrou. Podemos dizer que isso é uma tendência que continuará ou é apenas uma medida emergencial? Qual o real futuro desse modelo? Ele tem solidez?
Roberto Kanter: Os modelos enxutos, de pequeno investimento, retorno mais rápido e, muitas vezes, dependente do franqueado tiveram um rápido crescimento em 2016 e permanecerão em evidencia nos próximos anos. A economia levará um tempo maior para voltar aos níveis de atividade de 2010, o desemprego permanecerá elevado e as condições para empreender estão melhorando, como no caso da redução da taxa básica de juros, a Selic.


Mapa das Franquias: O setor de “pets”, cuidados com animais domésticos, era uma das apostas no começo do ano e tem gente que ainda fala nele como promissor para 2017. Vale a pena investir em oferecer o melhor para os bichinhos de estimação? Mesmo na recessão? Por quê?
Roberto Kanter: O setor de pets permaneceu em alta em 2016, não obstante a crise econômica. Acredito que essa tendência permanecerá pelos próximos anos pois o potencial de crescimento do mercado é enorme.
Ainda que haja uma diminuição da atividade econômica e muito em função dela, as pessoas tendem a ser mais autoindulgentes. Esse termo remete ao famoso “eu mereço”, isso é, aquele momento onde a pessoa consome pela emoção.
O mercado pet é um mundo não racional.
A transferência emocional dos donos aos seus bichos é uma verdade, assim, vale a pena investir mesmo no momento atual.


Mapa das Franquias: Voltando agora o olhar um pouco para o futuro, o que você viu em 2016 que deve se manter em 2017? E o que pode mudar radicalmente?
Roberto Kanter: Acredito que o mercado das pequenas franquias de serviços, de costura a serviços para casa, passando pelas franquias de serviços de saúde, permanecerão em alta.
As franquias de serviços web, orientado a marketing digital é uma boa aposta para esse ano. A área de estética e beleza vem dando alguns sinais de maturidade nas grandes cidades, mas possui um enorme potencial de crescimento nas médias e pequenas cidades.
Mantida as atuais condições econômicas, o que deu certo ano passado deve permanecer oferecendo bons retornos em 2017.
Caso a economia se recupere mais rapidamente, valerá a pena apostar em franquias de empresas varejistas nas áreas de acessórios e vestuário de moda.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Investir em franquias, Mercado de franquias, Franquias, Franquias de pets