Arrume as malas –e elas não precisam ser suas!

Publicado em 29/12/2016 por Luiz Marcondes

Fim de ano, hora de curtir, viajar! Você merece. E quem sabe você aluga a mala? Isso existe? Confira!

A Rent a Bag tem a inovadora proposta de disponibilizar malas de aluguel para viagens de maneira prática e acessível. Tudo começou em 2013, devido a um problema comum nas grandes cidades: espaço! Onde guardar tantas malas? Pensando nisso, o fundador Domingos Coppio resolver cuidar desse problema de espaço e deixar a diversão para quem quer viajar. Segundo a empresa, o momento é de expansão por meio franquias que custam R$ 40 mil. Esse investimento inicial inclui taxa de franquia, custos de instalação e um kit inicial com 20 malas. O faturamento médio mensal é estimado entre R$ 4.000 e R$ 5.000, com margem de lucro de 75%, pois não é necessário ponto comercial. O retorno do investimento é previsto num período de 15 e 18 meses.


Parece muito bacana. Mas será que na prática, funciona? Conversamos com a Co-founder Rosângela Casseano para entender essa novidade. Confira o que ela nos contou.


Mapa das Franquias: O serviço prestado é sazonal? O que acontece com o faturamento fora do período de férias?
Rosângela Casseano: O serviço tem característica sazonal, porém durante os meses de baixa temporada a demanda esperada mantem a rentabilidade do negócio, os franqueados durante o processo de seleção e pré-assinatura do contrato de franquia estão cientes dos riscos e rentabilidade menor nos períodos de baixa temporada.
Durante os meses de alta temporada o faturamento pode ser multiplicado por 2 ou até 3 vezes aos períodos de baixa temporada, cada franqueado é totalmente orientado por nós a começar sua unidade franqueada com o estoque mínimo de 10 malas e ir aumentando seu estoque e capacidade de atendimento a partir do momento que tiver demanda suficiente para tal.


Mapa das Franquias: Como a marca compensa os períodos mais fracos? E qual a orientação dada aos franqueados para suportarem os momentos de baixa?
Rosângela Casseano: Antes da assinatura do contrato de franquia a franqueadora detalha mês a mês com os futuros franqueados pelos 2 primeiros anos de atividade da franquia qual é a perspectiva de faturamento da unidade, a proposta para cada unidade é que seja possível a locação de no mínimo 10 malas mensais que representará o retorno investido entre 12 e 15 meses.
Nosso perfil de seleção de franqueados prioriza candidatos que estejam procurando franquias de baixo custo para complemento de renda familiar.


Mapa das Franquias: Como o franqueado home based pode ter um estoque de malas?
Rosângela Casseano: A função do franqueado Home Based no modelo de negócio desenvolvido pela Rent a Bag é fazer a prospecção dos serviços de aluguel de malas na sua região delimitada de atendimento, ou seja a divulgação dos serviços Rent a Bag em condomínios residências, agências de viagem e outros locais indicados pela franqueadora com alto potencial de clientes para nossos serviços além de formação de parcerias locais para expansão do negócio.
As malas são de propriedade de cada franqueado, a franqueadora tem parceria com os principais fabricantes de mala do mundo (Samsonite e Delsey) e consegue comprar em grandes quantidades a preços bem reduzidos comparados às lojas de varejo e repassa esse benefício de valor aos franqueados, ou seja o franqueado somente poderá comprar as malas com a franqueadora porém com grande diferença de preço ao varejo tradicional.


Mapa das Franquias: Uma franquia de serviços desse tipo depende muito da atuação comercial do gestor. Não há uma contradição entre a dedicação que o negócio exige e uma franquia home based?
Rosângela Casseano: A franqueadora é responsável pela expansão nacional da marca e dos serviços, porém a divulgação e prospecção para captação de clientes é feita regionalmente, é necessário a divulgação e parcerias locais para aumento de rentabilidade do franqueado, porém todos os clientes que efetuarem a contratação do serviço de aluguel de malas através do site da franqueadora e for da região do franqueado esse cliente é direcionado automaticamente para o franqueado da região e ficará com toda a receita gerada por esse cliente, não há contradição de forma alguma, a franquia Home Based aumenta a rentabilidade do franqueado uma vez que não terá custos com aluguel nem funcionários, além do que toda a divulgação local que o franqueado fizer constará as informações de contato do franqueado bem como no site da franqueadora também é divulgado para quem desejar saber onde fica a unidade Rent a Bag que atende determinada região com todas as informações de contato de cada franqueado que pode ser contatado diretamente sem a interferência da franqueadora.


Inovar é difícil e explicar a inovação? Será m ais fácil?


Mapa das Franquias: Como surgiu a rent a bag e como é a estratégia para apresentar uma ideia tão inovadora ao público e aos franqueados?
Rosângela Casseano: Diante de muitos estudos e análises sobre empreendedorismo tivemos contato com uma empresa americana que faz a locação de vários itens pouco usados durante o ano e de característica não tão comum para aluguel como barraca de camping, rack para carros, cortador de grama, malas de viagem entre outros itens.
A partir disso começamos a analisar o mercado de locação para malas de viagem, pois trata-se de um produto caro, pouco utilizado no ano, difícil de guardar em aptos e que a relação custo x benefício não fecha, ou seja o valor investido numa mala de qualidade não se paga com as vezes que a mala é utilizada em sua vida útil, além do que vai em contradição a tendência mundial de sustentabilidade e da economia colaborativa.
Por ser uma ideia inovadora nosso maior desafio no momento é fazer a divulgação desse conceito que as pessoas não precisam comprar malas para viajar, basta alugar, usar e devolver no ano seguinte repete o processo, gera uma economia para quem viaja além de ganho de espaço interno nos aptos cada vez menores nas grandes cidades.


Mapa das Franquias: Como é a logística no caso de extravio de bagagem? O atraso impacta na viagem do próximo cliente?
Rosângela Casseano: Havendo algum problema com a mala durante a viagem, seja de ordem e responsabilidade da cia. aérea os clientes são orientados a preencherem um documento no desembarque chamado RIB - Relatório de Irregularidade de Bagagens, de posse do RIB o locatário nos informa o problema e aguardamos uma definição do caso seja ele coma identificação da bagagem extraviada ou a indenização dos bens do cliente que não foram localizados. Na hipótese de não localização da mala pela cia. aérea ou qualquer outro problema que o cliente não consiga devolver a mala alugada na data de encerramento do contrato o franqueado executa a garantia que foi definida na entrega da mala, ou seja cada mala alugada é feita uma reserva no cartão de crédito do cliente no valor de R$ 400,00 garantindo a devolução da mala alugada.
Em nossos treinamentos o franqueado é orientado a fazer seu controle logístico e de estoque com pelo menos 4 dias entre uma viagem e outra, uma vez que problemas inesperados podem ocorrer ao final da viagem do cliente inicial, por isso instruímos aos franqueados não ficarem com estoque limitado de atendimento, mesmo porque o faturamento da franquia está diretamente relacionada ao potencial de atendimento do franqueado.


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de serviços, Franquias, Rent a Bag