Apesar da crise, mercado de colchões segue aquecido no país

Publicado em 10/05/2016 por Imprensa

Rede oferecerá formatação de franquia com valores 50% mais baixo, mas com o mesmo nível de transmissão de conhecimento e treinamento em vendas.

O momento pode não parecer o mais propício para investir as reservas financeiras em um novo negócio por conta da crise política e econômica. Com um olhar um pouco mais cuidadoso, porém, é possível encontrar mercados que seguem crescendo e se consolidando, dando demonstrações de sua força e importância. É o caso, por exemplo, dos colchões. Considerados itens de primeira necessidade, eles são de amplo e crescente consumo.

 

“Hoje sabemos que um colchão de qualidade não apenas irá promover mais conforto, como também permitir um sono mais saudável. Quem dorme melhor torna-se mais produtivo em suas atividades. Esta consciência está cada vez mais consolidada, o que faz com que o mercado de colchões tenha um crescimento contínuo”, explica Izaias Emidio, Gerente de Expansão da Anjos Colchões e Estofados.

 

Aos interessados em entrar neste mercado, a Anjos Colchões e Estofados – rede que conta, atualmente, com quase 50 lojas no Brasil e no Paraguai – tem a oferecer uma operação rentável, repleta de diferenciais e um profundo conhecimento nos produtos que vende.  “Nossa intenção é que um cliente, ao entrar na loja para experimentar ou conhecer produtos, tenha a oportunidade de ser atendido de fato em suas necessidades, e que saia dali com o colchão ou estofado que realmente deseja e necessita”, conta o gerente.

 

Força para a rede franqueada - Para manter a qualidade deste atendimento, os esforços da empresa se concentram na aquisição e difusão de conhecimento e práticas, por meio de treinamentos. Esta postura de aprimorar constantemente os serviços oferecidos pelas franquias tem sido, segundo Emídio, o principal gerador dos resultados positivos apresentados pela rede.

 

Para aproveitar a consolidação de sua expansão – a rede espera abrir mais 20 até o final do ano - a franqueadora, que antes chama-se apenas Anjos Colchões, passou a chamar-se Anjos Colchões e Estofados. “Nós já vendemos estofados em geral e entendemos que destacar isto seria outro diferencial”, aponta o gerente de expansão. Além da mudança de nome, a empresa também aumentou sua oferta de produtos, criando linhas específicas para classes mais populares. Hoje, numa loja da Anjos, além de encontrar colchões e estofados, o cliente pode adquirir roupas de cama, cabeceiras, travesseiros, tapetes e outros itens para o quarto.

 

Novidade que será lançada em junho - Além de todos esses esforços para driblar a crise econômica - e em reconhecimento de que mesmo em um setor aquecido é necessário precaver-se e adaptar-se – a Anjos Colchões e Estofados passará a oferecer uma opção de franquia até 50% mais baratas do que já vem praticando. O lançamento ocorrerá durante a ABF Franchising Expo, o mais importante evento do setor no país, que acontecerá de 15 a 18 de junho, em São Paulo.

 

O investimento, antes de R$95 mil, terá valores a partir de R$40 mil. “Apresentaremos um modelo com lojas menores, mas que manterá tudo o que a nossa marca tem de bom”, adianta Emídio. “Em breve, compartilharemos as novidades”.

 


Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Expansão de franquias , Franquias , Anjos Colchões , Franquias de decoração