Açaí: Mercado instável ou seguro?

Publicado em 04/09/2018 por Imprensa

Cada colherada de açaí, um sorriso!

Nos últimos anos, alguns segmentos demonstraram saturação e empreendedores driblam a instabilidade de um mercado sazonal com inteligência comercial. Delicioso e com altíssimo valor nutricional, o açaí deixou de ser hábito de consumo de algumas regiões do norte do país para se disseminar por todo território.

O açaí possui propriedades antioxidantes, estimulantes e anti-inflamatórias, possuindo, assim, os efeitos benéficos do açaí para a saúde são vários. A fruta é rica em vitaminas do complexo B, C, além de ter muitos sais minerais, como o ferro, cálcio e potássio. O açaí também é rico em antocianinas, substâncias responsáveis pela circulação sanguínea.

O açaí também pode ser utilizado para auxiliar o emagrecimento, já que é capaz de diminuir os efeitos negativos de uma dieta irregular ou muito restrita, por exemplo, no entanto, o emagrecimento só acontece com o consumo de açaí associado à prática regular de exercícios e dieta equilibrada.

A Crocoberry é uma rede de franquias que, segundo seu fundador, pensou em cada detalhe para driblar a sazonalidade e, principalmente, a saturação. “O foco hoje é na experiência. Não vendemos apenas o melhor açaí que você vai encontrar no segmento, mas também temos outros produtos diferentes em nosso Mix, como cafeteria integrada, lanchinhos, sobremesas especiais, além do fato, é claro, de trabalharmos com ilha para açaí self-service junto com mais de 40 sabores de sorvetes”, conta Wagner Braga.

Como a Crocoberry, algumas marcas se solidificaram em um mercado instável, com diferenciais e fortalecimento de praças. “É importante que não exista o empreendedorismo de oportunidade. Muitas franqueadoras adotam o modelo canibal de venda, pensando de maneira bem tacanha, como por exemplo ‘Em uma cidade de 100 mil habitantes cabem 3 lojas de nossa marca’. Mas espere um minuto, e a concorrência direta? Concorrência indireta? Polarização de outros centros e bairros. Quer dizer, se esquecem do básico para qualquer empreendedor: lei da oferta e demanda, só pensando em seu lucro em taxas de franquia. É por este motivo que vemos muita gente descer na mesma velocidade em que subiu”, comenta o estrategista, CEO do Grupo ATNZO e responsável pela formatação da franquia Crocoberry, Lucas Atanazio Vetorasso.

Empreender e estabelecer um negócio em um mercado saturado pode parecer uma missão impossível. Um mercado com muita competição pode oferecer mais vantagens do que se imagina. Com um bom planejamento e calma na hora de empreender, é possível perceber a forma mais direcionada de atuação dentro do cenário econômico escolhido e apostar sem medo nessa entrada que pode parecer arriscada, mas vantajosa no final das contas.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Franquias de alimentação , Franquias de Cafeterias , Franquias de bebidas , Crocoberry