O perfil dos franqueados de sucesso

Publicado em 23/11/2017 por Imprensa

Por Evandro Luis Pinotti, presidente da EFFE Franchising

Empreender não é uma tarefa simples. Para isso, é preciso muito mais que aptidão ou afinidade com a área de atuação. As características necessárias para um empreendedor vão desde conhecimento de mercado e público, a noções de gestão e administração de empresas. Para trabalhar com franchising, a exigência é ainda maior. Espera-se que o empreendedor/franqueado possua habilidade e flexibilidade para desenvolver-se, seja pró-ativo, saiba se planejar, mantenha uma parceria saudável com a franqueadora e muito mais.

As características citadas são essenciais mas, ainda assim, não garantem o sucesso de uma franquia. Prova disso, é que, em 2016, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), 34 redes de franquias pararam de operar no Brasil e, entre as justificativas para os números, estão falta de planejamento e franqueados sem perfil para o negócio. De acordo com a entidade, houve uma queda de 1,1% no número de marcas, a maior movimentação do segmento em 20 anos. Os números também denotam maturidade e consolidação das marcas, uma vez que houve redução no número de redes, mas não no número de unidades. Essa queda indica uma consolidação do setor, ou seja, marcas comprando outras marcas.

Desta forma, é importante frisar que o perfil de um franqueado de sucesso envolve iniciativa, discernimento, humildade, conhecimento sobre si mesmo e sobre o negócio em que atuará. Outra característica muito importante e que também faz diferença para o crescimento do empreendedor é saber ouvir. O franqueado que está aberto para entender mudanças ou estratégias, e que valoriza o conhecimento de terceiros, assim como a bagagem oferecida pela franqueadora, tem maior probabilidade de evoluir com a franquia.

Isso porque a franqueadora possui background e é rica em ações de benchmark, tendo colocado em prática todas as ferramentas disponibilizadas para potencializar o desenvolvimento das franquias, além de conhecer as iniciativas que geraram os melhores resultados da rede. Neste sentido, é importante também que o franqueado coloque esse conhecimento adquirido em prática, pois o retorno de cada franquia depende do esforço do franqueado.

Outro item que define em grande parte o êxito de um negócio é a maturidade de seu administrador. Para isso, programas de desenvolvimento pessoal e profissional são de extrema importância e devem ser procurados pelos empreendedores. Neste quesito, a franqueadora pode ser uma grande aliada, ao oferecer possibilidade de formação e capacitação dos franqueados.

De toda forma, as características que garantem o sucesso de um franqueado podem ser muito subjetivas, mas na rotina de uma franquia tornam-se evidentes e podem selecionar quem terá sucesso ou não. Cabe ao empreendedor entender o seu potencial de gestão e, à franqueadora, garantir que a mensagem difundida na rede seja alcançada por todos.

Clique aqui e cadastre-se para receber informações exclusivas. É gratuito!

Palavras-chaves: Investir em franquias, Franqueados